A execução de ciclos é uma das tarefas mais comuns e importantes em qualquer linguagem de programação, é por isso essencial saber como utilizar correctamente estes ciclos.

É certo que existem diversas formas de executar ciclos, quer seja em Python quer seja noutras linguagens, mas Python tem uma forma simples e directa de o fazer.

#exemplo 1
i = 0
while i <len(my_list):
    v = my_list[i]
    print v
    i += 1


#exemplo 2
for i in range(len(my_list)):
    v = my_list[i]
    print v


#exemplo 3
for v in my_list:
    print v




Digamos que temos uma lista de valores e os queremos imprimir. Uma forma de o fazer é ter um contador e enquanto ele for inferior ao tamanho da lista, aceder ao elemento correspondente da lista, imprimir o respectivo valor e incrementar o contador (exemplo 1).

Escrever código


Uma forma mais simples para percorrer uma lista desde o elemento 0 até ao elemento n-1 é usar um ciclo for (exemplo 2). No Python o ciclo for tem a seguinte sintaxe for i in range(N). Aqui mais uma vez temos uma variável do tipo inteiro que é incrementada a cada execução do ciclo e que será usada para aceder aos elementos da lista.

Mas para que é que precisamos de um "mecanismo para gerar inteiros", quando tudo o que queremos é imprimir os valores de uma lista? A linguagem de programação Python tem uma forma simples e directa de percorrer os valores de uma lista (exemplo 3).

No exemplo 3 temos a forma mais correcta de escrever o nosso ciclo. A cada nova execução do ciclo é obtido na variável v o próximo valor da lista, até se atingir o fim da lista, não existindo qualquer necessidade de usar inteiros para a indexar.



Ainda há muito a dizer sobre ciclos, por isso em breve publicarei mais posts sobre esta temática.


Este post faz parte da série de posts sobre Ciclos e Interáveis em Python:
  1. Ciclos em Python, o básico (post actual)
  2. Ciclos em Python e os Iteráveis
  3. Ciclos em Python, mais exemplos de Iteráveis
  4. Ciclos em Python, uso de Iteráveis fora dos ciclos
  5. Ciclos em Python, problemas comuns e os índices
  6. Ciclos em Python, iterar sobre duas listas
  7. Ciclos em Python, iteração personalizada
  8. Ciclos em Python, Generators - parte 1
  9. Ciclos em Python, Generators - parte 2
  10. Ciclos em Python, Generators - parte 3
  11. Ciclos em Python, operações de baixo nível
  12. Ciclos em Python, como tornar os nossos objectos em Iteráveis
  13. Ciclos em Python, conclusão



A inspiração para este post veio daqui.