Este é um vídeo muito interessante do Raymond Hettinger, onde a beleza do código escrito em Python está bem patente. É um vídeo onde o Raymond explica de forma bem divertida como transformar o nosso código, que muitas vezes sofre dos vícios de outras linguagens, num código mais "bonito" e pythónico.

Uma das razões por que gostei imediatamente do Python, mal tive contacto com esta linguagem de programação, foi o facto de ser uma "linguagem" muito simples que dá a primazia a um código fácil de ler e de perceber, e é por isso que digo que o Python é bonito.


Vejam a seguir o vídeo inspirador "Transforming Code into Beautiful, Idiomatic Python" do Raymond Hettinger.



Podem fazer o download dos slides no seguinte link BeautifulCode.pdf



O Zen do Python

Para se ter uma ideia de como o Python leva a sério a beleza do código, basta ver que o primeiro principio Zen do Python é exactamente "Beautiful is better than ugly".

O Zen do Python, também conhecido por PEP 20, são os principios orientadores no design de qualquer aplicação em Python. Estes principios estão disponíveis na página oficial do PEP 20 em http://www.python.org/dev/peps/pep-0020/ ou escrevendo o comando import this no interpretador de Python.
>>> import this

Resultado:
The Zen of Python, by Tim Peters

Beautiful is better than ugly.
Explicit is better than implicit.
Simple is better than complex.
Complex is better than complicated.
Flat is better than nested.
Sparse is better than dense.
Readability counts.
Special cases aren't special enough to break the rules.
Although practicality beats purity.
Errors should never pass silently.
Unless explicitly silenced.
In the face of ambiguity, refuse the temptation to guess.
There should be one-- and preferably only one --obvious way to do it.
Although that way may not be obvious at first unless you're Dutch.
Now is better than never.
Although never is often better than *right* now.
If the implementation is hard to explain, it's a bad idea.
If the implementation is easy to explain, it may be a good idea.
Namespaces are one honking great idea -- let's do more of those!


Uma das coisas de que mais gosto no Python, e onde a beleza do código Python mais se faz notar, é a forma como lida com os iteráveis.

Nos seguintes posts poderão encontrar muita informação sobre os iteráveis em Python: